10 de setembro de 2014

Rodrigo Bastos fica em 5º em Granada e conquista o melhor resultado brasileiro em Mundiais

Rodrigo Bastos fica em 5º em Granada e conquista o melhor resultado brasileiro em Mundiais - Foto: ISSF/ Reprodução
O brasileiro Rodrigo Bastos, da Fossa Olímpica, terminou hoje em 5º lugar no Campeonato Mundial de Tiro Esportivo, que está sendo disputado na cidade espanhola de Granada. Por muito pouco o brasileiro deixou de conquistar uma vaga para os Jogos Olímpicos Rio 2016, disponibilizadas para os três primeiros colocados na prova.

Na fase de classificação, que contou com a participação de 145 atletas, Rodrigo acertou 123 dos 125 pratos lançados e terminou na quinta colocação, junto a outros cinco atletas. Os seis tiveram que participar de um shoot-off pelas duas últimas vagas na final, que já contava com quatro atletas garantidos, por terem acertados 124 pratos na classificatória. Continuaram na disputa por medalhas o brasileiro e o atleta de Luxemburgo, Lyndon Sosa.


Na fase final, já com os seis finalistas definidos, são lançados apenas 15 pratos. O brasileiro acertou 13, mesmo número de Jiri Liptak, da República Checa. Os dois foram para outro shoot-off, desta vez por uma vaga na briga pelo bronze. O ouro e a prata seriam definidos entre o inglês Edward Ling, que teve 15 acertos, e o eslovaco Erik Varga, com 14 pratos quebrados.

Antes do início da disputa houve um mal entendido e Rodrigo foi penalizado pelo árbitro com um cartão amarelo, sob a alegação de que ele havia ultrapassado o tempo de 12 segundos que o atleta tem entre a sinalização e o disparo. Foi dada uma nova oportunidade ao brasileiro. Porém, enquanto o brasileiro se preparava para atirar, o juiz sinalizou novo excesso de tempo, medida que desqualificou Rodrigo Bastos e o impediu de buscar de disputar tanto o bronze quanto a vaga para 2016.

"O problema foi o tempo que demorei, mas o árbitro não disse 'pronto', então não atirei", disse o atleta ao GloboEsporte.com. "A Federação Internacional muda muito a regra, esse é o problema. É uma verdadeira m..., estou p... da vida. Todos demoraram mais de 12 segundos, eles fizeram dois pesos e duas medidas", desabafou. 

Mesmo assim, o experiente atleta brasileiro demonstrou que está definitivamente de volta ao cenário mundial e cada vez mais focado em representar o Brasil em 2016. Uma nova chance acontecerá no mês de outubro, com a realização do Campeonato das Américas de Tiro Esportivo, em Guadalajara, México. O quinto lugar, conquistado por Rodrigo Bastos, foi a melhor colocação do Brasil na história da Fossa Olímpica em Campeonatos Mundiais.

A medalha de ouro ficou com o Erik Varga (Sérvia), a prata foi para Edward Ling (Grã-Bretanha) e o bronze acabou nas mão de Giovanni Peliello (Itália). Os três atletas também garantiram vaga nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Outros dois brasileiros participaram da prova e também tiveram pontuações de destaque. Eduardo Correa acertou 120 pratos e ficou em 40º lugar e Andre Altobello, com 118 pratos quebrados, terminou na 62ª posição. Na disputa por equipes, que contou com 36 países, o time brasileiro, formado por Rodrigo, Eduardo e Andre finalizou em 9º lugar, outro bom resultado para o Tiro Esportivo do Brasil.

O Mundial continua nesta quarta-feira, 11/09, com Felipe Wu, José Carlos Iengo e Julio Almeida, que competirão na Pistola de Ar, e com Cassio Rippel (8º no ranking mundial), único brasileiro na qualificatória da Carabina Deitado -- Leonardo Moreira e Bruno Heck não atiraram bem na eliminatória e ficaram de fora da prova principal.

O Campeonato Mundial de Tiro Esportivo acontecerá no Estande de Tiro Juan Carlos I, e pode ser acompanhado ao vivo através do canal da ISSF no YouTube (www.youtube.com/channel/UCcFugrtlMtDmX1yMp6x_C0Q) até o dia 19 de setembro, data de encerramento do torneio.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...