13 de abril de 2014

'Temos que acreditar que somos capazes', diz Rodrigo Bastos em entrevista exclusiva ao blog

'Temos que acreditar que somos capazes', diz Rodrigo Bastos em entrevista exclusiva ao blog - Foto: Reprodução/ ISSF
Há dois dias, Rodrigo Bastos se classificou para a final da Fossa Olímpica e foi o 6º colocado na Copa do Mundo ISSF de Tiro ao Prato Olímpico, que segue sendo disputada até o dia 15. Direto de Tucson, Arizona (EUA), Rodrigo concedeu por e-mail uma entrevista exclusiva ao blog. Confira:

Rodrigo, antes de mais nada, parabéns pelo belíssimo resultado na sexta-feira. Como foi a preparação para Tucson?
Amigo, obrigado. A preparação para Tucson foi medíocre, muito fraca. Mas mesmo assim conseguimos, graças a Deus.

Qual a importância do Carlo Danna [técnico de Tiro ao Prato da equipe brasileira] nesse resultado?
Sobre o Danna, nosso técnico, sou suspeito em falar dele. Na minha simples opinião ele é um dos melhores do mundo. Então não preciso dizer mais nada.


Com esse resultado o planejamento para 2014 muda?
O que muda não sei ainda, mas agora com certeza vem muito apoio, pois estarei entre os Top 10 do mundo. Aí é diferente. Existem projetos específicos para isso, como o Bolsa Pódio [programa do Ministério do Esporte].

Quais são suas metas para este ano, além da conquista da vaga para 2016 no Campeonato Mundial em Granada?
Temos que acreditar que somos capazes. Não existem super-heróis ou máquinas. Somos capazes. Isso é muito importante ter em mente.

A Copa do Mundo ISSF de Tiro ao Prato Olímpico continua. E hoje, domingo, temos Jaison Santin, Filipe Fuzaro e Robson Deschmaps atirando na Fossa Double.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...