18 de março de 2014

Brasileiros na disputa pelas últimas medalhas do Tiro Esportivo em Santiago

Emerson Duarte durante a disputa da 1ª fase da Pistola Tiro Rápido nos Jogos Sul-Americanos de Santiago - Foto: IND/AGENCIAUNO/ROBERTO CANDIA
O Tiro Esportivo brasileiro pode aumentar hoje o número de medalhas nestes X Jogos Sul-Americanos, em Santiago. Com sete conquistas já asseguradas, sendo três de ouro, três de prata e uma de bronze, o país disputará mais duas provas nesta terça-feira, dia 18, encerramento da competição.

Na primeira fase da qualificação na Pistola Tiro Rápido, Emerson Duarte terminou em 1º lugar com 294 pontos. Julio Almeida, com 289, ficou na 3ª posição. O venezuelano Douglas Gomez foi o 2º colocado, com 291. Hoje, antes das finais, ainda será disputada a segunda fase qualificatória.


Quarto colocado na última edição dos Jogos Sul-Americanos, na Colômbia, em 2010, Emerson explicou que, para a final, os pontos obtidos na fase de classificação são zerados. “O fundamental é me concentrar na técnica. Quero fazer a minha parte”, disse Emerson, medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano realizado em 2012, na Argentina.

Antes ainda da final da Pistola Tiro Rápido, as atiradoras brasileiras Rosane Budag e Cristina Mello disputarão a qualificatória da última prova feminina do programa, a Carabina 3 Posições.

Ontem, dia 17, na final masculina da Carabina 3 Posições, Bruno Heck, medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara em 2011, terminou na 4ª colocação, com 418,4 pontos. Cassio Rippel, eleito pelo COB o melhor atleta do Tiro Esportivo no ano passado, ficou em 6º lugar, com 395,3 pontos. O campeão foi o venezuelano Martin Gutierrez, com 440,9 pontos. Na prova feminina da Pistola de Ar, Daniele Diógenes terminou na 6ª posição, com 110,7 pontos. A venezuelana Maribel Piñeda conquistou a medalha de ouro, com 190,4 pontos.

Fonte: Time Brasil (com adaptações)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...