31 de dezembro de 2013

Retrospectiva: os principais momentos do nosso esporte em 2013

2013 está se despedindo. Foi um ano muito bom para o esporte do tiro no Brasil e no mundo. Não poderíamos deixar de fazer essa retrospectiva e elencar os destaques da temporada.

Confira abaixo as principais notícias do mundo do tiro em 2013.




Fevereiro:

Flórida Open de IPSC 2013 termina com dois brasileiros premiados: Jaime Saldanha Jr (3º lugar na divisão Standard e melhor estrangeiro da categoria) e Ildeu Heller (9º na Open e melhor estrangeiro). Caroline Faci ficou com a quinta posição na Standard.

Março:

Amber Hill vence o Skeet na etapa de Acapulco da Copa do Mundo ISSF de Tiro ao Prato Olímpico com apenas 15 anos de idade e fazendo sua estréia em competições ISSF.

Abril:

Vicente Paulo Ancona e Carlos Henrique Mendes Navas (DEIC São Paulo) superaram 37 equipes e sagraram-se campeões do Snipercraft Challenge 2013.

Maio:

Felipe Wu termina em 8º lugar na Pistola de Ar 10m na 2ª etapa da Copa do Mundo ISSF 2013. O 1º de vários grandes resultados da equipe olímpica brasileira em 2013.

Cassio Rippel fica em 5º na Carabina Deitado no último dia da etapa da Copa do Mundo ISSF em Fort Benning. Cassio havia se qualificado em 3º lugar para a final com 625,3 pontos.

Junho:


Luiz Henrique Backes termina em 4º no II Campeonato Pan-americano de Shotgun. Em 2012, Backes já havia conquistado o 4º lugar no Mundial da Hungria.

Julho:

Cassio Rippel faz bonito em Granada: pela 2ª vez no ano termina em 5º na Carabina Deitado.

Jaison Santin termina em 11º na Fossa Double em Granada, a apenas 3 pratos da final.

Equipe paralímpica brasileira da Pistola de Ar conquista o bronze na 3ª etapa da Copa do Mundo 2013.

Agosto:

João Cezar Borowski vence o ATA Beretta Championships 2013.

Brasil conquista ouro histórico na Copa do Mundo de Tiro Esportivo paralímpico. Geraldo von Rosenthal venceu o sul-africano Vonnie Kohnne por 7 a 5 na disputa pela medalha de ouro na Pistola 25m.

Setembro:

Rodrigo Bastos termina em 9º na Fossa Olímpica: melhor resultado de um brasileiro em um Campeonato Mundial de Tiro ao Prato Olímpico. Por apenas 1 prato deixou de participar do shoot-off que decidiu as três últimas vagas para a semi-final. 

"Nossas preparações são medíocres perto do resto do mundo", revela Rodrigo Bastos em entrevista exclusiva. Bastos adiantou na entrevista que o Brasil não iria conseguir sediar a etapa da Copa do Mundo de Tiro ao Prato Olímpico programa da abril de 2014. Dias depois, a CBTE confirmou que desistiria de organizar a etapa.

Brasil conquista 6 ouros, 9 pratas e 4 bronzes e vence em casa o Aberto Internacional de Tiro Paradesportivo.

Outubro:

Christine Wenzel conquista a Copa do Mundo pela 2ª vez no Skeet, um mês depois de vencer o Campeonato Mundial em Lima, no Peru.

Novembro:

Com apenas 17 anos, Yang Haoran supera o atual campeão olímpico e conquista o título da Carabina de Ar na final da Copa do Mundo em Munique.

Dezembro:

Em entrevista exclusiva, Cassio Rippel fala sobre suas metas, treinos e como iniciou no esporte. Cassio fala também da expectativa para Rio 2016, sobre as novas regras ISSF e sobre limitação de verba da CBTE.

Amber Hill, atleta do Skeet, vence o BBC Young Sport Personality Award 2013. A BBC nunca havia premiado um atleta do tiro.

Outras duas premiações regionais merecem destaque, revelando que o Tiro Esportivo brasileiro começa a ser visto e lembrado: Cassio Rippel venceu o Prêmio Orgulho Paranaense 2013 e Geraldo von Rosenthal venceu o Prêmio Renato Cardoso 2013 na votação popular.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...