18 de novembro de 2013

Clube de Caça e Pesca Alberto Scheidt é campeão da Liga Nacional de Tiro ao Prato

Equipe do Clube de Caça e Pesca Alberto Scheidt/Fundação Municipal de Esportes, campeã da Liga Nacional de Clubes - Trap americano - Tiro ao Prato - Foto: Lucas Sabino/ Decom
Na condição de sede do play-off da Liga Nacional de Trap Americano, a última das 15 etapas do ano, e como recompensa pela excelência apresentada durante toda a temporada 2013, a equipe do Clube de Caça e Pesca Alberto Scheidt/Fundação Municipal de Esportes (FME), de Criciúma/SC, assegurou no último fim de semana o título do Trap Single na Liga Nacional de Clubes e teve campeões em sete categorias nas disputas individuais.

No decorrer de 2013, Criciúma contabilizou 5.810 pratos acertados e conquistou o primeiro lugar. O Clube de Tiro, Caça e Pesca São José, de Governador Celso Ramos (SC) terminou em segundo, com 5.720 e o Clube de Tiro e Caça de Passo Fundo (RS) fechou o pódio, com 5.696.


No Trap Double, com 4.238 disparos certeiros, o Clube de Tiro de Ribeirão Preto (SP) ficou à frente dos anfitriões da última etapa, com 4.043, e do Clube de Campo de Rio Claro (SP), que somou 3.929.

Para chegar a conquistas tão expressivas o Clube de Caça e Pesca Alberto Scheidt/FME contou com a regularidade dos integrantes. O multicampeão Valdir Abel ficou com o primeiro lugar na Classe AAA, a elite da Liga Nacional, nas provas do Trap 100 e Trap 200. Os atletas Lauro Teodoro (Classe AA), Jorge Henrique Mezzari (Classe A) e Henrique Zilli Mezzari (juvenil), também de Criciúma, sagraram-se campeões no Trap Single em suas categorias.

Pelo Trap Double, Maicon Soares, de Tubarão/SC, conquistou o título da Classe A. Rudiclei Dal Cim (Chapecó/SC) foi o melhor na Classe B, Vinícius Dorizzotto (Sertãozinho/SP) venceu a Classe C e Valdir Abel ficou na frente de todos na Classe D.

O atirador e presidente do Clube de Caça e Pesca Alberto Scheidt, Valdir Abel - que na manha da quinta-feira (14/11) acertou 100 pratos de 100 lançados-, exaltou o desempenho coletivo dos colegas. O grupo ergueu também neste ano o troféu de Campeão Catarinense e segue com tudo para os Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), em Blumenau, na quarta-feira (20). “Todos estiveram mais uma vez atirando muito bem e mereceram essa conquista. Coroamos um ano muito bom”, congratulou.

Pai e filho campeões

Entre os mais de 200 atiradores que estiveram em Criciúma no play-off da Liga Nacional, poucos tiveram mais motivos para sorrir do que Jorge Henrique Mezzari. Além de conseguir acertar os 100 tiros em uma das duas séries, no sábado (16), o atleta conquistou o título na Classe A do Trap 200 e o terceiro lugar na Classe B do Trap Double. Contudo, o que o deixou orgulhoso foi ver o filho, Henrique, de apenas 15 anos, conquistar o troféu de campeão na categoria juvenil, para de atletas de até 19 anos.

“Não consigo descrever em palavras. É uma sensação muito boa, principalmente pelo alto nível de atiradores. Santa Catarina tem os melhores do Brasil e estão em um estágio muito parecido com os principais atiradores do mundo”, disse Jorge, que participará do mundial da modalidade em 2014.

Henrique começou a atirar há aproximadamente um ano e já conquistou um título da Liga Nacional. Em virtude das atividades da escola e dos outros esportes que pratica, o garoto ainda não tem uma rotina de treinamentos no clube de tiro, mas revela a predileção por esta modalidade. “Eu jogo vôlei pelo colégio, mas desde criança convivo nesse meio acompanhando meu pai. Estou muito feliz por esse resultado”, contou.

Confira a classificação geral da Liga Nacional de Trap Americano e da Liga Nacional de Clubes no site da Liga Nacional de Tiro ao Prato.

Fonte: Portal Clic A Tribuna (com adaptações)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...