11 de novembro de 2013

Campeão olímpico de 2012, Niccolo Campriani conquista a Copa do Mundo na Carabina 3 Posições

Niccolo Campriani (Itália) - Carabina 3 Posições - Final da Copa do Mundo ISSF de Carabina e Pistola 2013 - Foto: ISSF/ Reprodução

O campeão olímpico de 2012 Niccolo Campriani (Itália) venceu a prova masculina da Carabina 3 Posições na final da Copa do Mundo ISSF apenas poucos minutos após a cerimônia de premiação que coroou sua namorada Petra Zublasing como a nova detentora do título da Copa do Mundo na mesma prova.


O atual campeão olímpico Niccolo Campriani, 26 anos, conquistou a medalha de ouro na Carabina 3 Posições ontem, na final da Copa do Mundo ISSF de Carabina e Pistola em Munique, Alemanha, subindo no lugar mais alto do pódio apenas uma hora após a vitória de sua namorada Petra Zublasing na final feminina.


Campriani marcou 460,8 pontos na final, batendo Ole Bryhn Kristian, 24 anos, da Noruega, vencedor da final da Copa do Mundo de 2011, que embolsou a medalha de prata com 459,2 pontos, 1,6 pontos de vantagem. A medalha de bronze foi para o medalhista de bronze dos Jogos Olímpicos da Juventude de 2010 Serhiy Kulish, 20, da Ucrânia, com 447,3 pontos.

"Eu conquistei uma medalha de ouro da Copa do Mundo hoje, mas é de fato uma prata: Petra atirou melhor do que eu em sua final, hoje", disse Campriani, com um sorriso no rosto, referindo-se à sua namorada Petra Zublasing, logo após a cerimônia de premiação. "Ser um casal definitivamente reflete em nossas performances no tiro. Podemos treinar juntos, no mesmo nível, e isso nos ajuda a crescer", comentou.

"Eu não a vejo há um ano. Enquanto ela terminava seu bacharelado nos EUA, eu estava estudando para o meu mestrado na Inglaterra. Eu achei que ela mudou muito. Ela é uma melhor atirador agora e desenvolveu alguma auto-confiança. Ela está indo muito bem", disse o italiano. 

O resultado final de hoje surpreendeu Campriani, que acabou de voltar da China, onde esteve liderando um camp de treinamento durante as quatro últimas semanas. "Eu atirei muito bem hoje. Estou absolutamente feliz com isso. Eu não esperava tal resultado. Acabei de voltar da China e realmente não treinei muito para esta prova. Além disso, esta é a minha primeira final com as novas regras", disse o atirador italiano, que havia vencido as Olimpíadas com as regras antigas. "As novas finais iniciando na posição de joelhos se transformaram em uma vantagem para mim. Essa sempre foi a minha melhor posição e começar nela me ajudou a liberar um pouco de pressão", explicou.

Nemanjia Mirrosavljev, da Sérvia, 43 anos, fechou as posições de joelhos e deitado na liderança, com uma margem de 0,9 ponto de distâncias dos seus adversários. Atrás dele, Campriani foi chegando cada vez mais perto. O ponto de viragem da prova se deu quando Mirrosavljev entrou em sua segunda série na posição em pé: o finalista sérvio disparou um decepcionante 8,0 e teve que desembarcar em quinto lugar, com 426,0 pontos. O alemão Daniel Brodmeier, 26 anos, atirando em casa, aproveitou a chance e terminou em quarto lugar, fechando a prova com 437,2 pontos.

O chinês Jie Li, 34 anos, terminou em sexto, com 413,8 pontos, enquanto o campeão olímpico de 2008 na Carabina Deitado Artur Aivazian, 40 anos, da Ucrânia, e Alexander Schmirl, 24, da Áustria, foram os primeiros a deixar a prova, terminando em oitavo e sétimo lugar, com 402,5 e 403,6 pontos, respectivamente.

Fonte: ISSF (traduzido e adaptado)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...