21 de outubro de 2013

Casal participa desde a 1ª competição de tiro da Schützenfest e colecionam insígnias

Alvino e Velanda participam de competições de tiro da Schützenfest desde 1985 - Foto: Germano Rorato / Agencia RBS
Quem costuma participar da Schützenfest todos os anos já deve ter visto duas carismáticas figuras no desfile ou no estande de tiro. O casal Alvino Engelmann, 67 anos, e Velanda Hünnike Engelmann, 65 anos, estão entre os atiradores mais antigos do Vale do Itapocu e fazem questão de exibir os coletes cheios de medalhas - uma pequena parte das premiações, já que o casal garante ter recebido mais de mil insígnias.

Moradores de Guaramirim e associados à Sociedade Brüderthal, Alvino e Velanda participam das competições da Festa dos Atiradores desde a primeira edição, em 1989. O gosto pelo hobby começou em 1985, consequência dos bailes que frequentavam nas sociedades.


O casal começou praticando o tiro seta e depois passou a disputar o tiro de chumbinho e a Carabina .22. A mira de dar inveja foi aperfeiçoada com as décadas de prática - Alvino já foi rei do tiro nas festas de atiradores da região cerca de 15 vezes, enquanto Velanda recebeu o título em 19 oportunidades.

— A gente compete sempre esperando que o próximo tiro seja melhor que o primeiro — comenta Alvino.

Para ser bom no tiro, Alvino garante que é fundamental manter a calma e a postura correta e se concentrar somente no alvo. Se o tiro foi ruim, é preciso manter a calma e tentar de novo.

— Tem que ficar posicionado meio de lado e o olho não pode sair da mira — ensina Alvino, com a experiência de quem tem muita história para contar.

Até quinta-feira, foram dados 54.224 tiros nos estandes montados no Parque de Eventos de Jaraguá do Sul. A festa foi encerrada no domingo com o desfile de homenagem aos 25 anos da Schützenfest, na rua Walter Marquardt.

Fonte: Diário Catarinense (com adaptações)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...