26 de outubro de 2013

Após se qualificar em último, Mosin vence a Fossa Double em Abu Dhabi sem errar nada nas finais

Vasily Mosin (Rússia) - Fossa Double - Final da Copa do Mundo ISSF de Tiro ao Prato Olímpico - Foto: Divulgação/ ISSF

O atirador russo encontrou Eller (EUA) na disputa pela medalha de ouro novamente, como havia acontecido no Campeonato Mundial em Lima, há um mês. Mas desta vez foi Mosin que prevaleceu, conquistando a Copa, no final de uma grande temporada.


O medalhista olímpico de bronze de 2012 Vasily Mosin (Rússia) venceu a Fossa Double ontem na final da Copa do Mundo de Tiro ao Prato Olímpico em Abu Dhabi (EAU). O atleta russo bateu o campeão olímpico de 2008 Walton Eller (EUA) por 30 a 29 na final.


Mosin se qualificou para a semi-final com 134 + 13 acertos, depois de passar por um acirrado shoot-off contra Ian Rupert (EUA) e Daniele Di Spigno (Itália). A partir de então Mosin não errou mais e fechou a semi-final com uma série perfeita, atingindo 30 alvos em 30. Na disputa final, encontrou Eller - um mês após o Campeonato Mundial vencido pelo norte-americano. Mas desta vez Mosin não estava disposto a perder e de novo quebrou 30 dos 30 pratos disputados, garantindo assim o título da Copa do Mundo pela primeira vez em sua carreira.

Davide Gasparini (23, anos da Itália), o vencedor da etapa da Copa do Mundo em Granada deste ano, garantiu a medalha de bronze batendo o campeão mundial de 2010 Joshua Richmond (EUA) por 29 a 27. O segundo finalista russo Vitaly Fokeev, que havia se qualificado para a competição conquistando uma medalha de bronze em Granada, terminou em quinto com 27 acertos na semi-final, enquanto o medalhista olímpico de bronze de 2008 Hu Binyuan (China) acabou em sexto, com 26 acertos.

Mosin fechou da melhor maneira uma temporada de sucesso, que o viu ganhar uma etapa da Copa do Mundo, em Nicósia (Chipre), o título do Campeonato Europeu e uma medalha de prata no Campeonato Mundial em Lima.

"O trabalho está feito", Mosin comentou após a final, levantando a Copa ISSF. "Neste ano passei por um momento difícil: o Campeonato Mundial. Estive lá para vercer, e a medalha de prata não era o que eu estava procurando. Por isso que estou tão feliz com a vitória de hoje", explicou o atirador russo.

E foi uma tarefa difícil. "Aqui eu me senti muito cansado, depois de uma temporada tão longa", acrescentou. "Comecei a competir em fevereiro e continuei atirando até o final de outubro. Estar no pódio desde o início até o final da temporada é ótimo, mas não foi fácil".

Aqui em Abu Dhabi, Mosin mais uma vez disputou a medalha de ouro com Eller, como tinha acontecido no Campeonato Mundial, há um mês, quando o atirador americano prevaleceu. Será que isso adicionou pressão extra  na final de ontem? "Meu credo é: estou sempre competindo contra mim. Não importa quem está atirando ao meu lado, eu tenho que me superar a cada vez", foi a resposta de Mosin.

Tempo de descansar agora. A final da Copa do Mundo está fechando a temporada, e o campeão agora está planejando fazer uma pausa antes de iniciar sua preparação para 2014. Mas, antes de fechar o arquivo 2013, Mosin faz um desejo: "O futuro é sempre cheia de surpresas. Mas eu espero que a [regra da] Fossa Double fique como está agora. Está perfeito: os espectadores e os atiradores gostam desse jeito".

Fonte: ISSF (traduzido e adaptado)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...