23 de setembro de 2013

Torneio da Amazônia 2013 – Um dos melhores de todos os tempos

Torneio da Amazônia 2013 - Tiro Esportivo - Foto: Divulgação/ FMTE
Sim! Uma das melhores edições deste torneio de todos os tempos. Basta perguntar para quem esteve por lá: “Muito bom”, “Maravilhoso”, “Bom demais”; estas eram as expressões que se escutavam com mais freqüência. E realmente a alegria, a descontração, o espírito esportivo e a confraternização tomaram conta do evento e o transformaram em algo além do que apenas uma competição esportiva. 

Realizado na cidade de Imperatriz, no Maranhão, entre os dias 13 e 15 de setembro, o Torneio da Amazônia 2013 foi promovido pela Federação Maranhense de Tiro Esportivo - FMTE e o Clube de Caça, Pesca e Tiro de Imperatriz - CCPETI, nas instalações do clube imperatrizense. O torneio transcorreu paralelamente à 7ª etapa do Campeonato Brasileiro de Carabina, Pistola e Rifle, que se deu em 13 estados do Brasil, incluindo o Maranhão.


Um leque de 16 modalidades diferentes foram oferecidas no torneio durante os 3 dias da competição, dando muito trabalho à organização, em especial à arbitragem, que teve um excelente desempenho e contou com a experiência de árbitros como Clauber Muniz, Washington Duílo e Edenilson Furtado que se desdobraram sem parar nem um minuto sequer para apurar as 292 inscrições de provas registradas no evento.

Sim, 292 inscrições de provas, com 44 participantes de diferentes estados (TO, MA e PA) do Brasil e de diferentes cidades do Maranhão (Imperatriz, Açailândia, Paraibano, Balsas e São Luís). Estas características conferem ao Torneio da Amazônia um status de Torneio Regional, podendo ser considerado um dos maiores do Brasil e o maior da Região Norte.

Um dos maiores vitoriosos da competição foi o atirador Rui Duarte, que venceu 5 das 5 provas que disputou na categoria Máster, tanto localmente, quanto nacionalmente: Carabina de Ar Olímpica, Carabina Deitado, Carabina Mira Aberta 25m, Carabina Mira Aberta - Calibre Menor, Carabina Mira Aberta de Ar.

Alysson Marquezelli, também atirou bem e com 574 pontos venceu nacionalmente a prova de Carabina de Ar Olímpica, na Classe B.

Entre as Damas, Rose Teixeira conquistou o segundo lugar nacional na Carabina Mira Aberta der Ar e o quinto lugar na Carabina Mira Aberta 25m. Vera Amaral teve como destaque a sua entrada no Tiro ao Prato, sendo ela a primeira mulher do Maranhão a participar de provas desta modalidade.

Nas provas de Trap, os vencedores do Top 100 foram Anderson Gomes, Renato Steckelberg e Aluísio Fernandes (1º lugar no ranking nacional na Classe B). No Top 200, o vencedor foi Renato Steckelberg, seguido de Jefferson Rangel e de Henrique Esser, em terceiro lugar.

Confira o relatório completo com os resultados e estatísticas na página da FMTE.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...