30 de maio de 2013

Shoot-off de ouro para a República Tcheca na Carabina 3 Posições feminino em Munique

Adela Sýkorová - República Tcheca - Carabina 3 Posições - Copa do Mundo ISSF de Carabina e Pistola 2013 - Tiro Esportivo

A medalhista olímpica de bronze Adela Sýkorová venceu nesta terceira etapa da Copa do Mundo ISSF de Carabina e Pistola a prova feminina da Carabina 3 Posições em sua primeira tentativa.


"É bom voltar dessa maneira!", disse a atiradora tcheca logo após a cerimônia de premiação. Sýkorová ficou longe dos estandes de tiro por um tempo. A jovem atiradora consquistou a medalha de bronze desta prova nos Jogos Olímpicos de 2012 em Londres. Após a competição, sua vida mudou.


"A primeira coisa que percebi é que as pessoas começaram a me reconhecer. A República Tcheca só conquistou dez medalhas em Londres. E quando eu voltei para casa, eu não podia mais ir às compras sem que alguém solicitasse um autógrafo", acrescentou.

Depois dos Jogos, não há muito tempo para treinamento. Mídia, eventos oficiais e algum descanso merecido absorvem a maior parte do tempo do atleta. "Eu só comecei a treinar, no caso da Carabina 3 Posições, depois do Natal. Sim, eu fiquei algum tempo fora", concluiu. 

Mas quem viu seu tiro hoje não poderia acreditar que ela tinha apenas quatro meses de preparação. Sýkorová passou pela nova final com determinação, não se preocupando com o novo tempo de troca. Quando foi a vez da posição de pé, ela começou a subir no placar, chegando à atiradora chinesa que havia liderado a prova ao longo das posições de joelhos e deitado, a estreante em finais Ma Hong, 26 anos.

Logo antes do último tiro, Ma foi para 2,3 pontos à frente de Sýkorová: um fosso quase insuperável. Mas então, algo incrível aconteceu. Ma disparou um 6,5 no último tiro e Adela marcou um 8,8, terminando as duas atiradoras empatadas com 456,2 pontos.

Para decidir a vencedora da prova, foi necessário um shoot-off. Uma oportunidade inesperada para Sýkorová. A atiradora tcheca de 26 anos disparou um excelente 10.5. O suficiente para bater o 9,6 de Ma e conquistar a medalha dourada. Depois delas, o bronze ficou com Laurence Brize, da França, com 446,8 pontos, enquanto a polonesa medalhista olímpica Sylwia Bogacka terminou em quarto lugar com 436,0 pontos, e a segunda finalista chinesa Li Peijing fechou disputa em quinto lugar com 425,1 pontos. A alemã Sonja Pfeilschifter, competindo em sua terra natal, terminou em sexto lugar, com 414,8 pontos.

"Eu realmente não esperava esse resultado" revelou Sýkorová, comentando sobre a final e seu incrível final feliz. "Quando só nós três ficamos na linha de tiro, eu já estava feliz por ter garantido uma medalha. Quando Brize foi eliminada da prova, eu sabia que teria a prata, pelo menos. Eu não estava esperando por mais. Quando tudo acabou em um shoot-off, e eu ganhei, eu não conseguia acreditar!", exclamou Sýkorová.

A atiradora tcheca não participou das duas primeiras etapas da Copa do Mundo deste ano. Esta foi a sua primeira. E que começo! "Eu irei agora competir na próxima etapa da Copa do Mundo, em Granada, e vou participar dos próximos campeonatos europeus. Mas eu não tenho somente objetivos esportivos, agora", disse a vencedora. "Eu tenho vivido toda a minha vida no estande de tiro. É hora de seguir em frente e ter a minha própria família. O primeiro passo? Aos poucos eu me mudarei de Pilzen para a Alemanha, onde mora meu namorado mora", explicou. Adela poderia mover montanhas com sua determinação. Mudar para outro país soa bastante fácil.

Fonte: ISSF (traduzido e adaptado)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...