30 de maio de 2013

Após 6 anos de jejum, bielorrussa conquista o ouro na Pistola de Ar da 3ª etapa da Copa do Mundo 2013

Viktoria Chaika - Bielorrússia - Pistola de Ar - Copa do Mundo de Carabina e Pistola 2013 - Tiro Esportivo

A atiradora da casa Dorjsuren Munkhbayar ficou com o bronze depois de disparar um decepcionante 7,2. Cheah Lee Yean Joseline, da Malásia, pela primeira disputando uma final, terminou com a prata.


Viktoria Chaika, 32 anos, da Bielorrússia, venceu a prova feminina da Pistola de Ar 10m ontem com 199,6 pontos. E ela provavelmente não esperava por isso. A quatro vezes atleta olímpica venceu uma etapa de Copa do Mundo pela última vez em 2007, seis anos atrás, quando embolsou uma medalha de ouro aqui em Munique.


Chaika estava sorrindo no pódio, mas a prova de hoje não foi fácil de vencer. A bielorrussa chegou à final na oitava e última posição, com uma pontuação de qualificação de 384 pontos. Mas com as novas regras, a pontuação de qualificação não é mais transportada para a final. Uma boa chance para Chaika, que começou a subir o placar tiro após tiro.

O 17º tiro foi o ponto de viragem do jogo.  A campeã do mundo de 1998, Munkhbayar Dorjsuren, da Alemanha, que vinha liderando a primeira parte da partida, disparou um decepcionante 7,2 e acabou ficando com a medalha de bronze com 175,1 pontos. Ao mesmo tempo, Cheah Lee Yean Joseline, 29 anos, da Malásia, estreante em finais, disparou um grande 10,7, garantindo um lugar no duelo final pela medalha de ouro contra Chaika.

Com 1,8 pontos de vantagem da bielorrussa sobre a malaia, os dois últimos tiros foram emocionantes. Ambas, Chaika e Cheah, marcaram um 10.6, de modo que a diferença entre os dois continuou 1,8 pontos a favor de Chaika. No último tiro, a atiradora bielorrussa atirou primeiro, marcando um decepcionante 9,0. Cheah não aproveitou a chance. Disparando um igualmente decepcionante 9,0, terminou em segundo lugar com 197,8 pontos e deixou o ouro para Chaika.

A medalhista de prata olímpica de Londres 2012, Celine Goberville, da França, saiu da linha de tiro após tiro 16, terminando com o quarto lugar com 155,3 pontos. Heena Sindhu, da Índia, 23, atleta olímpica em Londres, saiu da prova na primeira eliminação, após o oitavo tiro, com uma pontuação de 76,1 pontos. A sérvia Jasna Sekaric, 47 anos, o campeã olímpica de 1988 e três vezes medalhista olímpica de prata, saiu após o tiro 10 com 96,5 pontos.

Sonia Franquet, da Espanha, terminou em sexto lugar, com uma pontuação total de 116,7 pontos, após o tiro 12. Uma das melhores atiradoras de pistola do mundo, a atleta georgiana Nino Salukvadze, de 44 anos, teve de abandonar a final depois do tiro 14, terminando em quinto lugar, com 136,3 pontos.

Roberta Mota e Ana Luisa Ferrão não fizeram uma boa prova e terminaram em 83º e 95º lugar, com 364 e 355 pontos respectivamente.

Fonte: ISSF (traduzido e adaptado)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...