2 de abril de 2013

Documentário destaca benefícios do Tiro Esportivo

A Bruxellas Produções, em parceria com o atirador Márcio Garritano, lança o documentário Alvo Olímpico, que fala sobre a trajetória do tiro esportivo no Brasil: da conquista da primeira medalha olímpica, em 1920, na Antuérpia, até os dias de hoje. O filme explica ainda, através de depoimentos de atletas jovens e veteranos, as características técnicas de cada uma das 15 provas do tiro esportivo, modalidade que vai distribuir 45 medalhas no Jogos do Rio 2016.


“A gente tem visto nessas olimpíadas países que já enxergaram o potencial do esporte e estão investindo em atletas do tiro esportivo. Hoje, em Copas do Mundo, a gente percebe que técnicos e atletas do mundo todo já olham o Brasil de uma forma diferente pela classificação nas provas”, explica Ricardo Brenck, diretor técnico da CBTE - Confederação Brasileira de Tiro Esportivo - pistola e carabina.

A ideia central do projeto, concebido com o objetivo de preencher um vácuo de conhecimento sobre a modalidade, é atrair novos praticantes para o esporte, cujas normas são reguladas pela ISSF (Internatinal Shooting Sport Federation). E envolve precisão, disciplina e controle emocional.

“Ter um alvo, um objetivo, realizar os exercícios com precisão e, finalmente, acertar, é muito gostoso. O tiro esportivo é um esporte fascinante, mas ainda são poucos os praticantes no Brasil. Talvez por falta de uma maior divulgação e melhor estrutura que só conseguimos agora, com a aproximação dos Jogos Olímpicos do Rio”, ressalta o esportista Márcio Garritano, que patrocinou o documentário em comemoração aos 30 anos de prática do esporte.

O documentário, com 45 min de duração, começa e termina falando da paixão; a que leva ao esporte e a que motiva os atletas a se prepararem para o Rio 2016. Dividido em partes, o registro audiovisual também aborda vantagens da iniciação cedo, longevidade do esporte, tradição, formação do atirador, a importância da preparação multidisciplinar, benefícios da prática na vida cotidiana, o início olímpico e o desempenho dos brasileiros em Londres.

A narrativa traz relatos de alguns dos mais renomados atletas do tiro esportivo brasileiro, como Júlio Almeida, Emerson Duarte, José Carlos Iengo Batista (campeões da prova de Fogo Central no Mundial de Munique 2010), Ana Luiza Ferrão e Filipe Fuzaro (representantes do Brasil nas competições de tiro de Londres 2012).

O filme conta ainda com a participação da ucraniana Olena Kostevych, campeã olímpica da prova de Pistola de Ar 10m em Atenas 2004 e terceira colocada em duas provas dos Jogos de Londres 2012, Pistola de Ar 10m e Pistola 25m.

O evento de lançamento do documentário Alvo Olímpico será realizado no dia 19 de abril no Hotel Marina, no Leblon, e contará com a presença de atletas e autoridades do esporte brasileiro.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...