8 de abril de 2013

Começando do zero, campeão alemão faz uma final fantástica e conquista o ouro na Carabina Deitado em Changwon

Henri Junghaenel - Alemanha - Carabina Deitado - Copa do Mundo ISSF 2013 - Tiro Esportivo
Henri Junghaenel, da Alemanha, garantiu a medalha de ouro na Carabina Deitado da Copa do Mundo ISSF de Carabina, Pistola e Rifle 2013 em Changwon, Coréia do Sul. O atirador de 25 anos terminou no degrau mais alto do pódio com 209,6 pontos, superando Michael McPhail (EUA) na nova final. Com as novas regras da ISSF, já em vigor desde janeiro, a pontuação de qualificação não é transportada para a final. Lá, o jogo começa do zero.




Após a qualificação (que são conduzidas como antes das mudanças das regras), os oito melhores atiradores avançam para a final, onde suas pontuações voltam a zero. A final começa com duas séries de três tiros. Em seguida, a final prossegue com tiros únicos. A partir do oitavo tiro, e depois a cada dois tiros, o atleta com a menor pontuação é eliminado, até que as medalhas sejam decididas. A fase final acaba com dois atiradores na linha de tiro para o duelo valendo o ouro nos dois últimos tiros.

Na final, Junghaenel marcou 209,6 pontos em 20 tiros, com a grande média de 10,4 pontos por tiro. Atirando um 10,7 e um 10,3 na última série, ele superou McPhail, que fez um 10,7 e um 9,8, terminando em segundo lugar, com 207,4 pontos. "Eu não sei de onde aquele 9,8 veio", McPhail disse logo após a partida.

"Não esperava um resultado tão grande na primeira etapa da Copa do Mundo do ano", comemorou Junghaenel. O atleta alemão conquistou seu primeiro ouro em provas ISSF na Copa do Mundo de 2011, em Fort Benning.

"Definitivamente vou competir na próxima etapa da Copa do Mundo ISSF em Fort Benning. Eu moro nos Estados Unidos e eu não vou perder essa competição", disse. O atirador, de 25 anos de idade, alemão, está de fato freqüentando a Universidade de Kentucky, onde estuda engenharia mecânica.

O bronze de hoje foi para o medalhista de prata olímpico de 2012 Lionel Cox, da Bélgica, 31, que marcou 186,4 pontos durante a final. Ele foi seguido por Fedor Vlasov, da Rússia, com 165,0 pontos, enquanto o experiente suíço Marcel Buerge terminou em quinto lugar, com 144,3 pontos.

Primeiro finaista do Omã, Hamed Alkhatri ficou em sexto lugar, com 122,0 pontos, seguido pelo segundo finalista russo, Alexandre Sokolov, em sétimo, com 101,1 pontos. Vuyeacheslav Skoromnov, representando o Qatar, terminou em oitavo, com 80,9 pontos.

Fonte: ISSF (traduzido e adaptado)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...