9 de outubro de 2012

Novas regras ISSF para eventos de Carabina


ISSF - Federação Internacional de Tiro Esportivo

Tradução dos novos regulamentos aprovados pelo Conselho Administrativo da ISSF. Outras regras serão incluidas após a aprovação do Conselho na Reunião de Novembro, no México

Somente uma carabina
Somente uma carabina deve ser utilizada em todas as fases, Eliminação, Qualificação e Finais de um evento. O mecanismo, o cano e a coronha não podem ser trocados, mas acessórios ligados ao mecanismo, cano e coronha podem ser trocados.

Sistema redutor de vibrações
A instalação de qualquer tipo de redutor de vibrações no ou sobre a carabina é proibido.

Empunhadura da carabina de ar
A empunhadura não pode se estender mais que 60 mm de um plano perpendicular até a linha central do cano (também se aplica à Carabina Standard 300m).

Pesos para carabina
Pesos na parte inferior da coronha ou da soleira não devem se estender além de um plano perpendicular à linha central do cano do que a máxima extensão do apoio de face a partir daquele plano.


Gancho da chapa da soleira
A projeção superior da placa da soleira não deve se estender mais que 25 mm além da linha que é perpendicular ao eixo do cano da carabina e tangente à parte mais profunda da chapa da soleira, depressão que normalmente apóia sobre o ombro

Apoio no tórax
Qualquer anexo (Brustanlagen*) projetando para frente a partir da porção inferior da soleira, é proibido. *Nota do tradutor - É uma peça colocada da parte inferior da soleira onde pode se acoplar pesos. 

Rigidez do casaco e calça de tiro
A nova regra esclarece que nenhum teste que meça a de rigidez abaixo da medida mínima de 3.00mm deve ser aprovado. Nenhuma tolerância abaixo de 3.00 mm pode ser aprovada. A vestimenta deve atender a essas medidas mínimas sob quaisquer condições de uso e clima.

Espessura do casaco e calça de tiro
A nova regra esclarece que nenhum teste que meça e espessura acima da medida máxima de 2.50 mm devem ser aprovados. Nenhuma tolerância acima de 2.50 mm pode ser aprovada. A roupa deve atender a essas medidas mínimas sob qualquer condição de uso e clima.

Teste de rigidez e espessura das roupas
Qualquer parte do casaco ou calças deve ser possível de serem medidas com os cilindros de 60 mm e 30 mm. Se uma parte da roupa for muito pequena para um teste normal (nenhuma área plana de 60 mm ou maior para rigidez ou 30 mm ou maior para espessura), a medida deve ser feira sobre as costuras.

Flexibilidade da sola do sapato de tiro
As solas dos sapatos dos atletas devem dobrar, pelo menos, 22.5 graus quando aplicado 15 Newton de força sobre a área do calcanhar enquanto a bota ou sapato estiver fixado no dispositivo de teste.

Sapatos/botas especiais de tiro
Os sapatos especiais de tiro só são permitidos nos eventos de Carabina de Ar 10m e Carabina 50m três posições. Sapatos especiais de tiro não devem ser usados nos eventos exclusivamente de Carabina Deitado.

Palmilhas ou inserções
Os atletas podem usar palmilhas ou suplementos nos seus sapatos, mas essas inserções devem ser flexíveis no arco plantar do pé.

Teste de caminhada normal
Para demonstrar que as solas dos seus sapatos são flexíveis, os atletas devem caminhar normalmente o tempo todo que estiver no local de atividade do esporte. Repetidas violações podem acarretar em penalidades de pontos ou até desqualificação.

Contorno da sola do calçado
A sola deve acompanhar a curvatura externa do sapato e não deve se estender, em parte alguma, mais que 5.0 mm além da dimensão externa do sapato. A extensão do bico do sapato ou do calcanhar cortados de forma quadrada ou achatados não serão permitidos.   

Painel lateral esquerdo do casaco de tiro (para atiradores destros)
A confecção do painel lateral do casaco não deve ter nenhuma costura que fique sob o braço de suporte na posição de pé.

Mangas do casaco de tiro
O atleta deve ser capaz de estender completamente os dois braços (para esticar as mangas) enquanto estiver usando o casaco.

Passadeiras de cinto na calça de tiro
Pode haver um máximo de sete passadeiras de cinto desde que não tenham mais que 20 mm de largura cada uma, com uma distância de pelo menos 80 mm entre cada passadeira.

Reforços nas calças de tiro
Reforços ou acolchoados podem ser adicionados para ambos os joelhos, mas os reforços na região das nádegas não serão mais permitidos nas calças de tiro.

Calça de tiro nos eventos de Carabina Deitado
As calças de tiro não devem ser usadas nos eventos de carabina deitado, mas podem ser usadas no estágio deitado nos eventos de três posições,

Almofada de calcanhar para posição de joelho
Uma peça separada de material flexível, compressível, com dimensão máxima de 20x20 cm pode ser colocada no calcanhar na posição ajoelhada. A almofada do calcanhar não pode ter uma espessura maior que 10 mm quando comprimida com o dispositivo usado para medir e espessura da roupa de tiro.

Descanso da carabina
Nenhuma parte do descanso de arma ou suporte usado para apoiar a carabina entre os tiros podem estar acima do ombro do atirador quando estiver em pé.

Limite de tempo de prova
O tempo limite dos eventos foi reduzido conforme segue. Essa redução de tempo leva em conta a fato de que os tiros de ensaio serão disparados durante o tempo em separado para Preparação e Ensaio. Os tempos listados aqui são para estandes com alvos eletrônicos.

o   10 m - Carabina de Ar Homens: de 105 para 75 minutos

o   10 m – Carabina de Ar Mulheres: de 75 para 50 minutos

o   50 m Carabina 3x40: Será disparado num tempo integral com os atiradores trocando de posições a seu critério. O tempo total é limitado em 2 horas e 45 minutos.

o   50 m – Carabina 3x20: de 135 para 105 minutos

o   300m - Carabina: o tempo foi reduzido em 15 minutos para cada evento   

Tradutor: Thom Erik Syrdahl  -  Árbitro ISSF A-423

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...