5 de outubro de 2012

As crianças e o Tiro Esportivo


Armas de brinquedo

Daqui a sete dias comemoraremos o Dia das Crianças e uma reflexão se faz necessária: Por que temos permitido o Estado e as ONGs se intrometam tanto na vida das nossas famílias, especialmente na relação entre pais e filhos? Será que os governantes, legisladores e supostos especialistas nos pretendem como uma massa de ignorantes, incapazes de refletir e tomar decisões para o bem da nossa família? Exemplos existem aos montes, mas gostaria de citar apenas dois.

Por que aceitar que menores de idade sejam proibidos de frequentar Clubes de Tiro, mesmo acompanhados dos pais, e que sejam proibidos de praticar o esporte do tiro? Atletas de ponta não se formam desde a mais tenra idade? As regras de segurança no manuseio de armas de fogo e as normas de conduta nos estandes de tiro não trariam benefícios à formação da criança e do adolescente? Aprender a competir, aprender a perder, aprender a vencer, a disciplina dos treinos, não seriam ferramentas úteis para o amadurecimento dos pequenos?

Por que aceitar a idéia de que a criança se tornará um adulto violento e propenso à prática criminosa se brincar com armas de brinquedo? Nerfs e pistolas d'água não podem estimular brincadeiras em família e ser um pretexto para ensinar o que é o certo e o errado? A violência pertence ao objeto ou nasce da falta de limites e disciplina?

Parece que tais perguntas nunca passaram pela cabeça dos iluminados que pretendem ser os guardiões das famílias alheias. Abaixo, deixo três links de posts já publicados no blog que tratam exatamente destes dois temas. Convido-os a lerem e as espalhá-los pela rede. Não vamos deixar que se intrometam na educação das nossas crianças movidos por pura ideologia.






E você, o que acha desses assuntos? Deixe seu comentário.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...