17 de abril de 2012

A longevidade do Tiro Esportivo



Até que idade conseguimos atirar? Ou melhor, até que idade conseguimos atirar competitivamente? Enquanto em outros esportes a vida esportiva acaba aos 30 ou mesmo aos 18, no tiro ainda temos muita lenha pra queimar. É isso que nos mostra esse artigo de Gabriel Grumberg:

A longevidade no Tiro Esportivo

Enquanto na ginástica olímpica com 18 anos a ginasta já é considerada “velha”, no tênis aos 26 anos já faltam pernas e potência para desferir os golpes de raquete, no futebol aos 30 anos os jogadores procuram times de menor expressão para jogar, no tiro esportivo aos 40 se está em plena forma ainda! 

Para não falar só de Alfred Swahn, da Suécia, que competiu na Olimpíada de Antuérpia em 1920, com 72 anos e de Afanazi Kuzmin da Lituânia, que competiu em Beijing 2008, aos 61 anos em sua oitava participação olímpica, vamos citar outros grandes atiradores, que após os 40 anos, atiraram melhor como nunca.

Sergei Alifrenko da Rússia, nascido em 1959, aos 41 anos ganhou a Olimpiada de Sidney – 2000, aos 45 anos foi bronze na Olimpíada de Atenas – 2004, aos 47 anos foi bronze no Mundial de Zagreb – 2006, aos 48 anos ganhou a World Cup de Bangkok – 2007 e aos 49 anos, ganhou a World Cup de Beijing – 2008, tudo isto na Pistola de Tiro Rápido.

Ainda da Rússia temos Boris Kokorev, nascido no mesmo ano de 1959, campeão olímpico em Atlanta 1996, ganhador de inúmeras competições internacionais, ganhou este ano a World Cup de Milão – 2008, estabelecendo o fantástico resultado de 572 pontos na pistola livre, com 49 anos. Para se ter uma idéia o ganhador da Olimpíada de Beijing – 2008 fez modestos 563 pontos. Na pistola de ar, em Milão - 2008 ele foi bronze com 586 pontos, o mesmo resultado do ganhador da Olimpíada de Beijing – 2008. Talvez os dirigentes russos apostaram na renovação, não levando nem o Alifrenko, nem o Kokorev para a Olimpíada de Beijing – 2008 e se deram mal.

Outro ícone do tiro mundial, Ragnar Skanaker da Suécia, nascido em 1934, que já ganhou tudo o que devia antes dos 40 anos, ainda foi campeão mundial em Caracas – 1982 aos 48 anos, prata na Olimpíada de Los Angeles - 1984 aos 50 anos, bronze na Olimpíada de Seul – 1988, aos 54 anos e bronze na Olimpíada de Barcelona – 1992, aos 58 anos. Em 1996, na véspera da Olimpíada de Atlanta, atirou na World Cup Munich – 1996, incríveis 569 pontos de pistola livre, aos 62 anos. Ainda em atividade, em março de 2008, sagrou-se campeão sueco com a expressiva marca de 582 pontos em pistola de ar, tudo isso aos 74 anos apenas, ironizando o segundo colocado que ficou 10 pontos atrás, sendo 35 anos mais jovem.

Temos ainda a Susan Natrass, canadense, nascida em 1950, que participou em Beijing – 2008 de sua 6ª Olimpíada aos 57 anos, ganhou a World Cup Zagreb – 2006 aos 55 anos e os Jogos Pan-americanos Rio – 2007 aos 56 anos na Fossa Olímpica.

Podemos citar outros grandes atiradores com mais de 40 anos que desfilam sua categoria pelos estandes do mundo inteiro, como o italiano Andréa Bennelli, ouro em skeet, na Olimpíada de Atenas – 2004, aos 44 anos, Ahmed Almaktoum, dos Emirados, ouro em trap duble, na Olimpíada de Atenas – 2004, aos 41 anos, Warren Potent, australiano, nascido em 1962, bronze na Olimpíada de Beijing – 2008 em carabina deitado, que já tinha ganho nesse mesmo ano de a World Cup – Beijing – 2008, tudo isso com 46 anos de idade tendo ganho também as World Cup – 2007 Sidney e World Cup – 2007 Bangkok.

Num levantamento feito entre as mais de 30 modalidades esportivas disputadas nos Jogos Olímpicos de Beijing constatamos que o Tiro Esportivo é o de maior longevidade.

Veja quadro comparativo da Olimpíada de Beijing – 2008, que mostra a diferença de idade dos atiradores mais jovens e mais velhos, podemos afirmar com toda convicção que o tiro é o esporte com maior longevidade.

PROVAS MASCULINAS

Pistola de Ar
David Moore - Austrália - 30 Dez 53 - 55 anos
Daemyung Lee - Korea - 14 Set 88 - 19 anos

Pistola 50 metros
David Moore - Austrália - 30 Dez 53 - 55 anos
Daemyung Lee - Korea - 14 Set 88 - 19 anos

Pistola de Tiro Rápido
Afanaijs Kuzmins - Latvia - 22 Mar 47 - 61 anos
Leonid Ekimov - Russia - 13 Set 87 - 20 anos

Carabina Deitado
Ned Gerard - Ilhas Virgens - 14 Jul 56 - 52 anos
Robert Eastham - Nova Zelândia - 01 Fev 89 - 21 anos

Carabina de Ar
Raimond Debevec - Slovênia - 29 Mar 63 - 35 anos
Stephen Scherer - Estados Unidos - 22 Fev 89 - 21 anos

Carabina 3 posições
Juha Hirvi - Filandia - 25 Mar 60 - 48 anos
Petar Gorsa - Croácia - 11 Jan 88 - 20 anos

Fossa Olímpica
Juan Carlos Dasque - Argentina - 12 Out 52 - 55 anos
Giuseppe Di Salvatore - Canadá - 19 Dez 89 - 19 anos

Fossa Double
Graeme Ede - Nova Zelândia - 07 Fev 60 - 48 anos
Giuseppe Di Salvatore - Canadá - 19 Dez 89 - 20 anos

Skeet
Ioan Toman - Romenia - 06 Mar 59 - 49 anos
Vicent Hancock - Estados Unidos - 19 Mar 89 - 21 anos

PROVAS FEMININAS

Pistola de Ar
Brigitte Roy - França - 25 Fev 59 - 49 anos
Tanyaporn Prucksakorn - Thailândia - 08 Jan 90 - 18 anos

Pistola Sport
Elizabeth Callahan - Estados Unidos - 25 Fev 52 - 56 anos
Tanyaporn Prucksakorn - Thailândia - 08 Jan 90 - 18 anos

Carabina de Ar
Fabienne Pasetti - Monaco - 04 Out 65 - 42 anos
Thanyalak Chotphibunsin - Thailandia - 19 Nov 90 - 17 anos 

Fossa Olímpica
Susan Nattrass - Canadá - 05 Nov 50 - 57 anos
Charlotte Kerwood - Gran Bretânia - 15 Set 86 - 21 anos 

Skeet
Svetlana Demina - Russia - 18 Abr 61 - 47 anos
Minji Kim - Coréia -17 Fev 89 - 18 anos

Enfim, depois de todos esses exemplos, definitivamente podemos dizer que no tiro, a vida começa aos 40!

Compilado por: Gabriel Grumberg
Fonte: CBTE

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...